Los Cabos leva operadores e jornalistas a experiência sensorial inédita 

por Paulo Atzingen*

O que aparentava ser uma óbvia apresentação de um destino com  números de desembarques e média de ocupação de hotéis ou investimentos em infraestrutura receptiva se transformou em uma experiência sensorial sem precedentes.

 

O local não poderia ser mais apropriado: o restaurante Obá, endereço temático de países com gastronomia respeitada. O destino da noite: Los Cabos, cidade turística que desponta como a mais querida do Pacífico mexicano.

 

 

Após a exposição formal de Los Cabos por Diana Pomar,  diretora da CPTM do Brasil e por Eduardo Regules diretor do Visit Los Cabos Travel, os convidados – operadores, agentes de viagens, operadores de luxo, viagens de incentivo e jornalistas foram convidados a um jantar sensorial criado pelo grupo Ateliê no Escuro.

O local não poderia ser mais apropriado: o restaurante Oba, endereço temático de paises com gastronomia respeitada (Foto: DT)
O local não poderia ser mais apropriado: o restaurante Oba, endereço temático de paises com gastronomia respeitada (Foto: DT)

Experiência 

De olhos vendados,  fomos levados a um ambiente escuro com luzes que bruxuleavam em meio a uma fragrância de brisa marítima. A experiência olfativa foi somada a sabores típicos do México e práticas ancestrais e jamais incorretas: comer com as mãos. O trabalho sincronizado da equipe do Obá que servia os alimentos na mesa, dos músicos que tocavam composições típicas do México em seus instrumentos de corda e da espetacular ideia de trazer as nuances de um destino para ser degustado e experimentado desta forma, é talvez uma das tendências que se abre ao mundo corporativo carregado de análises e power-points.

 

Presidentes e diretores de empresas que participaram da experiência reconheceram a fulminante sensação de desaceleração, aquietamento da máquina produtora de ideias, análises, cálculos e palavras.

 

Por meio desta overdose sensorial em que todos saíram ganhando, Los Cabos, o México, por meio de seu Conselho de Promoção Turística e o Restaurante Obá demonstram que é possível construir pontes entre operadores de viagens e imprensa sem as doses cavalares de realidade.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial