Monte Verde e Camanducaia (MG) decretam isolamento total  

Após uma breve tentativa de retomar o turismo na região de Monte Verde, a partir de 2ª feira (25) novamente o vilarejo fecha por uma semana e desta vez com restrições mais enérgicas 

POR EDUARDO ANDREASSI (Colaborador do DIÁRIO)


Na mesma semana que a cidade de São Paulo entrou em feriado prolongado (de 20 a 24 de julho), Camanducaia reabriu as portas do vilarejo de Monte Verde aos turistas, mas com uma série de restrições na ocasião.

Para que turistas pudessem ficar em Monte Verde, não era permitido que visitantes passassem apenas o dia no distrito. Era necessário comprovar hospedagem em hotéis ou pousadas da localidade. Os restaurantes, por exemplo, tiveram que se adequar às novas normas da Vigilância Sanitária para poderem abrir as portas, com capacidade máxima de 30% de clientes, por exemplo.

Outra medida adotada foi montar barreiras sanitárias, em que foram feitas aferições de temperatura e orientações dos turistas que chegavam.

Na última quinta-feira (21), o prefeito de Camanducaia, Edmar Cassalho Moreira Dias deu entrevista à rádio Rádio América e, seguindo os dados do crescimento de casos na região do Covid-19, decretou fechamento total do comércio em Monte Verde e do trânsito livre de pessoas em Camanducaia, por exemplo. O que será permitido serão os serviços básicos (saúde, mercados, coleta de lixo, por exemplo), restringindo que as pessoas saiam da cidade, exceto profissionais ligados à saúde ou que necessitem trabalhar em outras cidades ou mesmo trabalhem em Camanducaia.

Preocupado com os números de infectados (até essa data) já eram 40 casos, sendo que em Monte verde são 5 casos confirmados e 2 pessoas suspeitas. 

“Não é hora de termos contato social. A gente sempre seguiu a linha do bom senso. Precisamos da colaboração das pessoas para conter o crescimento que estamos tendo semanalmente dos casos do Covid-19”, relada o prefeito Edmar. “Há pessoas de fora que vem e não respeitam nada, nem comerciantes e nem moradores de Camanducaia, mas não podemos achar que o paulista é o nosso inimigo. O paulista não é o nosso inimigo. Ele movimenta o comércio da cidade, trazem dinheiro para as pousadas, hotéis, restaurantes, para as lojas e não podemos fazer uma cruzada contra eles. Porém nesse momento não é hora deles virem a Camanducaia”. 

“O ideal seria 15 dias de fechamento, mas seria pesado demais para todos nós. Eu sempre fui claro e nunca fui a favor do isolamento total. Temos a propagação de casos de depressão, pessoas procurando antidepressivos e que não conseguem dormir, violência domentica e outros” finalizam o prefeito de Camanducaia, Edmar. 

Barreiras serão montadas e a entrada para Camanducaia, assim como a saída, será feita apenas por um único acesso (trevo norte).

Monte Verde, sub-distrito de Camanducaia (MG) – (Crédito: Eduardo Andreassi)

Máscaras e toque de recolher 

O prefeito ainda afirmou que o uso da máscara é obrigatório para moradores e turistas. Além disso, o distrito tem toque de recolher entre meia-noite e 6h. “Nós estamos conscientizando a população em relação ao uso de máscara. As pessoas não são multadas pela falta dela, mas orientamos da importância. O toque de recolher nós implantamos há mais tempo e continua valendo. Entre meia-noite e 6h, a circulação é permitida em caso de necessidade”, explicou Dias.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

CNC projeta queda de 6,1% no PIB em 2020

Diante da incerteza em relação à superação da crise provocada pelo novo coronavírus e do grau de contaminação da economia, a Confederação Nacional do...

Empresas conseguem suspender pagamento de energia na primeira instância

Uma empresa que está em recuperação judicial conseguiu na Justiça o direito de pagar apenas a energia consumida. A empresa havia comprado energia no...

Universal Orlando Resort anuncia reabertura de alguns hotéis a partir do dia 2 de junho

A partir de 2 de junho de 2020, alguns hotéis do Universal Orlando Resort irão reabrir para os hóspedes. A reabertura desses hotéis será...

Bolivianos voltarão para casa depois de meses retidos na Alemanha

Os membros de uma orquestra boliviana que inclui flautas tradicionais esperam voltar para casa na próxima semana depois de ficarem retidos em um castelo...

Senado aprova projeto que oferece crédito para profissionais liberais

Em sessão remota nesta quinta-feira (28), o Plenário do Senado aprovou o projeto que abre linha de crédito especial para profissionais liberais durante a...

Alfredo Lopes, presidente do Hotéis Rio: as OTA’s não querem negociar!

Nas negociações para a retomada, o Sindicato dos Meios de Hospedagem do Município do Rio de Janeiro (SindHotéis RJ) vem convidando para a mesa...

Relacionadas

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu comprei uma máquina em fevereiro e até agora devido a pandemia não puderam me entregar ainda, na terça feira próximo irei retirar a máquina com caminhão e irei fazer um pequeno treinamento, gostaria de saber se posso ir ? É quase na pista Fernão Dias bem no começo da cidade, obrigado.

    • Eu amo Monte Verde ! Todos os anos vou a Monte Verde passar o Natal e o Ano Novo aí. Mas o prefeito está certo e restringir o acesso neste momento . Deus proteja este povo maravilhoso de Monte Verde.
      Rya Helen Freitas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias