Parque Nacional da Tijuca anuncia como funcionará de 26 de março a 4 de abril

O Parque Nacional da Tijuca, no município do Rio de Janeiro, informa que, devido às determinações do decreto municipal nº 48644, de 22 de março de 2021, vai ajustar a visitação na Unidade de Conservação entre 26 de março e 4 de abril de 2021. O decreto publicado pela prefeitura do Rio institui medidas emergenciais, de caráter excepcional e temporário, destinadas ao enfrentamento da pandemia de Covid-19. Com base no conteúdo dos artigos 3º e 4º do decreto, o Parque irá funcionar, por dez dias, de acordo com os detalhes explicados abaixo.

Fecham os seguintes locais e/ou ficam suspensas as atividades a seguir: 

– Todo o Corcovado, o que inclui a suspensão dos serviços concessionados de transporte até o Cristo Redentor e toda a visitação e realização de eventos;

– Toda a visitação ao Parque Lage, que fica no Parque Nacional da Tijuca, incluindo o fechamento do acesso à trilha Parque Lage-Corcovado, que tem seu início a partir do Parque Lage;

– Centro de Visitante Paineiras e Centro de Visitantes do setor Floresta;

- Advertisement -

– Totalmente as trilhas da Pedra Bonita e da Pedra da Gávea; não estarão abertas nem para caminhadas ou corridas. Especificamente essas duas trilhas estarão totalmente fechadas;

– O acesso e a permanência em todos os mirantes localizados dentro do Parque, como Dona Marta, Vista Chinesa, mirante da Cascatinha, Mesa do Imperador, Excelsior, Bela Vista, Paineiras etc;

– A permanência e o banho em todas as cachoeiras/duchas/lagoas do Parque Nacional da Tijuca, sem exceções;

– Voos duplos ou de instrução a partir da rampa de voo livre da Pedra Bonita;

– Suspensão da circulação de veículos motorizados nas vias onde havia permissão, que são as seguintes:

I – Estradas das Paineiras (que existe entre a rua Almirante Alexandrino e o Centro de Visitante Paineiras)

II- Estrada do Corcovado (que existe entre o cruzamento das estradas Redentor x Paineiras e vai até o estacionamento do morro do Corcovado)

III – Vias do setor Floresta do Parque Nacional da Tijuca, que estavam liberadas somente para veículos motorizados de idosos e de pessoas com deficiência (PcD)

As exceções a essa suspensão são para os seguintes veículos:

1) veículos oficiais e de órgãos públicos, como os de segurança, de limpeza, e ou para prestação de serviços públicos, tais como manutenção e limpeza das vias, manutenção da rede elétrica, execução de podas etc;

2) veículos usados para a execução de manutenção e reparo das antenas localizadas no Sumaré;

3) veículos que façam o transporte de esportistas de voo livre, portando equipamento embarcado, observando as limitações e regras estabelecidas em protocolos específicos associados ao funcionamento da rampa de voo livre;

*O trânsito de veículos motorizados em todas as demais vias do Parque, como estrada Dona Castorina e estrada do Sumaré, por exemplo, está proibido desde o primeiro fechamento do Parque por causa da pandemia, em 17 de março de 2020;

– O acesso a todas as áreas de convivência ao ar livre, sobretudo os espaços de alimentação compartilhada, tais como: áreas de piquenique, de churrasco etc;

– A realização de confraternizações e de eventos em áreas abertas da unidade;

– A permanência no topo/platô das trilhas que estarão abertas única e exclusivamente para a prática individual de atividades físicas;

 

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias para a sua viagem!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    Mostra de Cinema de Gostoso tem apoio do governo do RN

    Entre os dias 26 e 30 de novembro, a praia do Maceió se transformará em uma sala de cinema à beira mar com exibição...

    Copa Airlines celebra 15 anos de operações no Rio de Janeiro

    A companhia opera no Rio de Janeiro com dois voos diários conectando a cidade com 65 destinos, em 28 países da América do Sul...

    Abeta Summit 2021 debate o ecoturismo e turismo de aventura no Brasil

    Promovido pela Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta), evento acontece até este sábado Por Redação Sob o tema (Re)Construindo um Turismo...

    Roda-gigante de Faz do Iguaçu (PR) será inaugurada em dezembro

    Foz do Iguaçu foi escolhida por atrair brasileiros e estrangeiros e por ser um destino que alia belezas naturais com uma ótima estrutura de...

    Seridó (RN) pode se tornar segundo geoparque do país reconhecido pela UNESCO

    O Geoparque Seridó compreende seis municípios do Rio Grande do Norte: Acari, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Currais Novos, Lagoa Nova e Parelhas Edição DIÁRIO...

    Aparecida quer se posicionar como destino de férias

    Para mostrar a cidade além do turismo religioso, cidade investe em press trip com jornalista Por Amadeu Castanho Interessadas em estimular o perfil do turismo local,...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing