PF indicia Ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio por candidaturas laranjas

Investigadores atribuem ao ministro a prática dos crimes de falsidade ideológica, apropriação indébita de recurso eleitoral e associação criminosa

POR REDAÇÃO

Nesta sexta-feira (4) a Polícia Federal indiciou o Ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio por suspeita de envolvimento no esquema de candidaturas laranjas do PSL em 2018. Na ocasião, Marcelo era o presidente do PSL em Minas Gerais.

De acordo com a investigação da Polícia Federal, Marcelo Álvaro Antônio comandou um esquema de desvio de recursos públicos por meio de candidaturas femininas nas eleições de 2018. O caso foi revelado em fevereiro deste ano pelo jornal Folha de S.P.

Segundo o jornal, o comando nacional do PSL repassou 279 mil reais para financiar a candidatura de candidatas do partido, cujos desempenhos nas eleições foram considerados insignificantes. Como presidente do PSL mineiro, Marcelo tinha o poder de escolher as candidaturas e repassar os valores.

No dia 13 de maio, em depoimento à PF em Belo Horizonte dentro Inquérito que apura o suposto esquema de candidaturas laranjas do PSL, a Deputada Federal Alê Silva (PSL-MG) afirmou “que identificou irregularidade nas contas das candidaturas e que o dinheiro teria sido repassado para empresas de propriedade de assessores do ministro”.

Nesta sexta (4), o ministro foi indiciado pela prática dos crimes de falsidade ideológica eleitoral, apropriação indébita de recurso eleitoral e associação criminosa. Se confirmados os crimes, a pena de reclusão pode chegar a três anos.

A sua permanência nas pasta foi assegurada há pouco pelo presidente Bolsonaro por meio do seu porta-voz Otávio Rêgo Barros, que declarou que o presidente aguardará o desenrolar do processo para definir o futuro do ministro.

Agora, caberá agora ao Ministério Público decidir se irá denunciar o ministro. Se denunciar, Marcelo Álvaro Antônio responderá a processo como réu.

Em nota, o Ministério do Turismo afirma que “o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, ainda não foi notificado oficialmente da decisão, mas reafirma sua confiança na Justiça e reforça sua convicção de que a verdade prevalecerá”.

O texto ainda diz que, “assim como vem declarando desde o início da investigação, que teve como base uma campanha difamatória e mentirosa, o ministro reitera que não cometeu qualquer irregularidade na campanha eleitoral de 2018. Vale lembrar que esta é apenas mais uma etapa de investigação e o ministro segue confiante de que ficará comprovada sua inocência. ”

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Embraer anuncia nova equipe global de Aviação Comercial

Após a nomeação de Arjan Meijer como Presidente & CEO da Embraer Aviação Comercial (foto), em junho, a Embraer está fazendo uma série de...

94ª Festa da Achiropita segue até 29 de agosto em São Paulo

A Festa de Nossa Senhora Achiropita está confirmada, mas em uma versão virtual; o público pode desfrutar as delícias da culinária italiana, como fogazzas,...

CEO da Delta Airlines se posiciona a favor da justiça racial e da diversidade

Em um memorando para os funcionários da Delta Airlines, o CEO Ed Bastian compartilhou as medidas que a empresas aérea está tomando para se...

UNEDESTINOS e EMBRATUR em reunião online discutem retomada do Turismo

Entidade promoveu encontro para destacar promoção do Brasil no exterior A UNEDESTINOS, União Nacional de Convention & Visitors Bureaus (CVBs) e Entidades de Destinos, e...

Accor lança hotsite ALLSAFE que responde dúvidas de clientes e hóspedes

A Accor acaba de lançar o hotsite ALLSAFE (https://allsafelatam.com.br/pt) com o objetivo de fornecer para seus clientes todas as informações sobre higienização e segurança,...

Estudo aponta baixa adesão ao ‘Selo Turismo Responsável’, 60 dias após lançado

Um estudo produzido pelo Profo Msc. Thyago Velozo de Albuquerque, do Departamento de Turismo e Hotelaria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) - pesquisador...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat