Vila Galé Hotéis avança no  all inclusive e lança novos formatos do sistema durante a ABAV Expo

A rede – que chegou ao Brasil em  2001 – prossegue com investimentos que perfazem R$  170 milhões para o biênio 2016/2018 e reitera confiança no futuro do País

por Cecília Fazzini*

O Vila Galé Hotéis não brinca em serviço quando o negócio é atender as expectativas do brasileiro que, definitivamente, aderiu ao all Inclusive. A certeza de formatar o seu produto ao gosto do hóspede por aqui é que alimenta a estratégia conforme afirma Gonçalo Rebelo de Almeida, vice-presidente do grupo hoteleiro português. Durante a ABAV-Expo, o Vila Galé apresenta seu All Inclusive Cultural, agora direcionado a hotel de cidade, na unidade do Rio de Janeiro, comercializado há um mês. A proposta contempla para duas pessoas e uma criança, em apartamento duplo, ingressos em atrativos culturais cariocas como o Museu do Amanhã, Museu de Arte e Aquário do Rio, além de usufruir da estrutura o hóspede ainda tem direito a um lanche a ser consumido durante o passeio e jantar no restaurante Versátil.

Vila Galé Rio de Janeiro: Antigo colégio no bairro carioca da Lapa abriga o empreendimento que inaugurou o All Inclusive Cultural (Foto: divulgação)
Vila Galé Rio de Janeiro: Antigo colégio no bairro carioca da Lapa abriga o empreendimento que inaugurou o All Inclusive Cultural (Foto: divulgação)

Pioneirismo e confiança

Rebelo de Almeida atribuiu o êxito do all inclusive junto ao público brasileiro ao pioneirismo do Vila Galé. E o mesmo pioneirismo se transforma em confiança. O programa de investimento do grupo segue seu curso, cujo volume mais representativo – da ordem de R$ 120 milhões se destina ao Vila Galé Touros, em Natal (RN), que abrirá as portas em setembro de 2018. “Confiamos no Brasil e no mercado local de hospedagem”, sentencia o vice-presidente da rede. Segundo relata, quando perguntado por investidores no exterior sobre o Brasil, com dúvidas e desconfiança, sempre dá o testemunho de que o tempo de experiência  no País permite saber que eventuais dificuldades acabam sendo transpostas.

Prevista para novembro próximo, outra boa nova é o All Inclusive Gastronômico que será operado no Vila Galé Fortaleza, um conceito que inclui massa artesanal de pizza, sushi, comida da culinária mediterrânea, pratos regionais e azeites e vinagres Santa Vitória – marca prória do grupo que também disponibiliza no all inclusive os vinhos Inevitável, Versátil e Santa Vitória, produzidos na região do Alentejo, Portugal.

www.vilagale.com

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Prefeitura de Salvador dá 40% de desconto do IPTU para hotéis até 2023

Diante da crise provocada pela pandemia, o prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou, nesta quinta-feira (6), medidas tributárias e fiscais de incentivo à economia,...

ABEOC faz nota repúdio e exige de governos data de retorno dos eventos

A presidente da Associação Brasileira de Empresas de Eventos - ABEOC - Fátima Thereza Facuri Leirinha, acaba de divulgar uma nota de repúdio à...

Hplus Hotelaria anuncia retomada de suas atividades em Brasília

A Hplus Hotelaria já obteve o selo de Turismo Responsável e  posiciona-se como referência em hospedagem segura e confiável em meio à pandemia EDIÇÃO DO...

Campanha tenta impedir fechamento do restaurante Itamarati, no centro de São Paulo

Desde 1940, advogados, juízes, políticos e diversas autoridades apreciam o bolinho de bacalhau e a empada do Itamarati, restaurante em frente à Faculdade de...

Webinar denuncia: “golfinhos criados em cativeiro vivem menos”

O biólogo e professor do Instituto de Biociências da Unesp, Mario Rollo apresentou na noite desta quarta-feira (5) o Webinar: “Atrações com golfinhos e a...

Embraer tem prejuízo de R$ 1,68 bilhão no segundo trimestre

A fabricante de aeronaves Embraer encerrou o segundo trimestre com prejuízo líquido atribuído aos sócios da controladora de R$ 1,68 bilhão, comparável a lucro...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat