Agência Ambiental americana vai regular emissões de gases efeito estufa de aviões

WASHINGTON (Reuters) – A Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) disse nesta semana que está finalizando os primeiros padrões propostos para regular as emissões de gases de efeito estufa de aviões.

Agências Internacionais com EDIÇÃO DO DIÁRIO 


A EPA disse que seus novos requisitos para aviões usados ​​na aviação comercial e para grandes jatos executivos alinhariam os Estados Unidos com os padrões internacionais.

Em 2016, a Organização da Aviação Civil Internacional (ICAO) concordou com os padrões globais de emissões de aviões voltados para fabricantes de aviões pequenos e grandes, incluindo Airbus SE e Boeing Co, que apoiaram os padrões.

A regra final “é vital para proteger o meio ambiente e apoiar o crescimento sustentável da aviação comercial e da economia dos Estados Unidos”, disse a Boeing na segunda-feira em um comunicado.

Os críticos dizem que a agência deveria ter exigido regras de emissões mais rígidas.

A conselheira internacional do Fundo de Defesa Ambiental, Annie Petsonk, disse em um comunicado que a “regra de não fazer nada da EPA é totalmente inadequada à luz da crise climática. É responsabilidade do novo governo Biden-Harris agir rapidamente para tornar esse padrão mais rígido. ”

A EPA disse em julho que os requisitos propostos se aplicariam a projetos de novos tipos a partir de janeiro de 2020 e a aviões em produção ou aqueles com certificados de tipo alterados a partir de 2028.

A EPA disse na segunda-feira que prevê que quase todos os aviões afetados estarão em conformidade nas datas de vigência. A EPA disse que espera que “os aviões que não estão em conformidade sejam modificados e recertificados como compatíveis, provavelmente sairão de produção antes da data de conformidade de produção de 1º de janeiro de 2028, ou buscarão isenções”.

Como resultado, “a EPA não está projetando reduções de emissões associadas a essas regulamentações de GEE (gases de efeito estufa).” Ele também não projeta a regra “fará com que os fabricantes façam melhorias técnicas em seus aviões que não teriam ocorrido” de outra forma.

Em outubro, um grupo de 11 estados liderados pela Califórnia e pelo Distrito de Columbia instou a EPA a fortalecer os padrões inéditos.

Os 11 estados e o Distrito de Colúmbia disseram que a proposta da EPA “atrasaria a tecnologia existente em mais de 10 anos e não resultaria em nenhuma redução de GEE em comparação com os negócios normais”.

Os aviões abrangidos pela regra proposta foram responsáveis ​​por 10% de todas as emissões de gases de efeito estufa dos transportes nos Estados Unidos e 3% das emissões totais dos Estados Unidos. Eles têm sido a maior fonte de emissões de gases de efeito estufa no transporte, não sujeitos a regras. As novas regras não se aplicam a aviões militares e entrarão em vigor quando forem formalmente publicadas nos próximos dias.

O administrador da EPA, Andrew Wheeler, disse em julho que a proposta foi baseada em “onde a tecnologia está hoje … Você não pode realmente definir o padrão que não pode ser cumprido”.

A Federal Aviation Administration disse na segunda-feira que espera publicar uma regra proposta no próximo ano incorporando o padrão de emissões da EPA, incluindo requisitos de teste e procedimentos de isenção que serão aplicados ao certificar novos aviões.

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redação
Redaçãohttps://diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    Mais recentes

    Posso viajar na Pandemia? perguntas e respostas!

    O buscador de viagens Skyscanner enviou ao DIÁRIO na última sexta-feira (5) uma lista perguntas e respostas sobre o momento que o mundo das...

    7ª Mostra de Cinema de Gostoso (RN) começa dia 10

    A Mostra de Cinema de Gostoso na Praia do Maceió, em São Miguel do Gostoso (RN), começa no próximo dia 10 e vai até...

    Sally Balcombe, CEO do VisitBritain, fala ao DIÁRIO durante o ExploreGB Virtual

    Durante esta semana ocorreu o principal encontro anual do trade turístico da Grã Bretanha, o ExploreGB,  promovido pelo VisitBritain, mas desta vez, em um...

    Momentos Argentinos desta semana: Neuquén

    Quando os passageiros decidem viajar, mais ainda depois de meses difíceis como foram os de 2020, há um denominador que se estende à maioria...

    GTA prorroga para o fim de março promoção para Terceira Idade

    A GTA - Global Travel Assistance acaba de anunciar que prorrogou para o fim de março a Promoção + 65. Válida para todos os planos...

    Grupo Belmond anuncia Felipe Pereira como novo diretor de Vendas

    Felipe Pereira é o novo diretor de vendas do Copacabana Palace e Hotel das Cataratas, hotéis de luxo do grupo Belmond, no Rio e...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing
    Olá.
    Esse é um canal exclusivo para Pautas e Marketing.