Hotel Intercity Nações Unidas inaugura novo lobby

Das agências com edição do DT

No dia 29 de novembro, o hotel Intercity Nações Unidas inaugura seu novo lobby . A recepção se tornou mais enxuta com a criação de um espaço de convivência e de trabalho. Além da ampliação do business center – conferindo modernidade e funcionalidade ao ambiente.

O projeto da reforma iniciou em fevereiro de 2018 e teve investimento de cerca de R$ 300 mil reais. Entre as mudanças estão o piso, luminárias, revestimento da parede e balcão da recepção.

Com o crescimento da demanda de eventos, o próximo passo da marca é investir na modernização dos espaços de eventos do empreendimento, agregando tecnologia aos ambientes.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Bolivianos voltarão para casa depois de meses retidos na Alemanha

Os membros de uma orquestra boliviana que inclui flautas tradicionais esperam voltar para casa na próxima semana depois de ficarem retidos em um castelo...

Senado aprova projeto que oferece crédito para profissionais liberais

Em sessão remota nesta quinta-feira (28), o Plenário do Senado aprovou o projeto que abre linha de crédito especial para profissionais liberais durante a...

Alfredo Lopes, presidente do Hotéis Rio: as OTA’s não querem negociar!

Nas negociações para a retomada, o Sindicato dos Meios de Hospedagem do Município do Rio de Janeiro (SindHotéis RJ) vem convidando para a mesa...

Receita Federal define tributação de trusts

A passos tímidos, a Receita Federal do Brasil começa a se posicionar sobre a tributação de trusts. Apesar de não proporcionar o nível de segurança...

Rano Raraku: a fábrica de moais da Ilha de Páscoa

15 ANOS DIARIOS - Publicado dia 13 de agosto de 2017Por Paulo Atzingen (de Angaroa, Ilha de Páscoa)Entender a forma como as estátuas da...

Tribunal de Justiça de São Paulo suspende cobrança de dívida de agência de viagens

Diante de um cenário de prejuízo na casa dos bilhões, uma companhia aérea não pode se permitir a ressarcir bilhetes e viagens em prazo elástico...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias