ABIH Nacional apresenta expectativa de ocupação hoteleira para o carnaval

A ABIH Nacional – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis divulgou nesta sexta-feira (25), a pesquisa sobre a ocupação hoteleira pelo país durante o Carnaval. Manoel Linhares, presidente da entidade, ressaltou que o resultado pode ser considerado satisfatório, diante do difícil momento que o país enfrenta em consequência da pandemia, mas está muito abaixo de anos anteriores. “Em alguns destinos mais tradicionais como as capitais carioca, baiana e pernambucana e outras cidades nordestinas, os hotéis costumam chegar próximo de 100% de ocupação nessa época”, afirmou.

Agências com EDIÇÃO DO DIÁRIO


Segundo a avaliação do presidente da ABIH Nacional, é preciso destacar também que essas taxas de ocupação refletem apenas um pequeno período do ano. “O Carnaval é importante para melhorar os números do setor, mas é fundamental que a hotelaria tenha uma média de ocupação equilibrada durante todos os meses para que possamos ter um faturamento mais distribuído, sem depender exclusivamente da alta procura nos feriados e finais de semana”, destacou.

Para Manoel Linhares outras questões fundamentais para o turismo e a hotelaria precisam ser encaminhadas para que não tenhamos ainda mais meios de hospedagem fechando suas portas no país. “Precisamos aprovar com urgência a Lei Geral do Turismo que se encontra na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal aguardando votação, encaminhar de uma vez por todas a reforma tributária, além de revisar os juros do Fundo Geral do Turismo (Fungetur) que hoje estão em torno de 18%, o que faz com que os empresários não venham conseguindo honrar seus compromissos”, ressaltou.

No levantamento feito pela ABIH Nacional, em primeiro lugar aparecem Alagoas e Sergipe, com 80% de seus quartos reservados para o período. Em seguida, ainda na Região Nordeste, vem Rio Grande do Norte (70%), Pernambuco (67%), Ceará (65%), Bahia (52%), Paraíba (47%), Piauí (45%) e Maranhão (40%).

EXPECTATIVA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA NO CARNAVAL

POR ESTADOS (FONTE ABIH)

Na Região Sudeste, o Rio de Janeiro e Espírito Santo chegam a 72%, com São Paulo e Minas Gerais ficando em 50%, mesmo número de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, enquanto o Paraná lidera entre os estados da Região Sul, alcançando 65%. Já no Centro-Oeste, Goiás tem maior procura com 50%, seguido de Brasília (47%), Mato Grosso e Mato Grosso do Sul (40%). Na Região Norte, a hotelaria de Tocantins estima em 45% a ocupação durante o Carnaval.

“O que temos hoje é uma movimentação de viajantes principalmente em busca de turismo interno, feito através do modal rodoviário para destinos mais próximos do local de origem. Esse ano, percebemos também uma busca maior pelo turismo de repouso, que são aqueles viajantes que pretendem descansar e ter um relaxamento físico e mental. É importante ressaltar ainda que os hotéis implementaram medidas sanitárias rigorosas para receber os hóspedes, com ações e procedimentos que garantem a segurança de todos”, finalizou Manoel Linhares, presidente da ABIH Nacional.

 

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial