Inscrições abertas para soluções sustentáveis em áreas naturais no Brasil

Foram abertas nesta segunda-feira (9) as inscrições para a primeira fase da “teia – soluções para a proteção da natureza”, processo de cocriação que envolverá diversos atores da sociedade para apontar os desafios para aprimorar o turismo em áreas naturais.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências


Ao final de quatro etapas, o objetivo é viabilizar inovações com o propósito de aliar o turismo com a proteção da biodiversidade brasileira. As soluções selecionadas receberão, ao todo, R$ 2 milhões da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, realizadora da chamada.

Na fase inicial, que segue até 29 de março, qualquer pessoa que tenha identificado desafios a serem superados para o desenvolvimento do turismo em áreas naturais poderá participar. A inscrição é gratuita e deve ser feita no site www.fundacaogrupoboticario.org.br. Basta preencher o cadastro e responder três perguntas simples.

Próximas etapas

- Advertisement -

Depois de selecionados os principais desafios, a teia dará sequência à segunda fase do processo: a proposta de soluções para essas lacunas. De 7 a 21 abril, qualquer pessoa – mesmo aquelas que não se inscreveram na primeira fase – poderá sugerir ideias de como os desafios poderão ser solucionados, integrando a proteção da biodiversidade com o desenvolvimento econômico das regiões a partir do turismo.

Durante a terceira fase, que ocorre de 7 a 24 de maio, as melhores soluções serão desenvolvidas com acompanhamento on-line de consultores voluntários e especialistas da Fundação Grupo Boticário para que se tornem economicamente viáveis e replicáveis em grande escala. Na última etapa, serão selecionadas as soluções a serem apoiadas.

A instituição, que completa 30 anos em 2020, tem experiência com ações de turismo em áreas naturais a partir do trabalho que desenvolve desde 1994 na Reserva Natural Salto Morato, em Guaraqueçaba (PR), que é aberta à visitação e protege 2.253 hectares da Mata Atlântica.

Para mais informações sobre a “teia – soluções para a proteção da natureza”, assista ao webinar no Facebook da Fundação: https://www.facebook.com/fundacaogrupoboticario/videos/197985001305148/

Etapas:

  • De 9 a 29 de março: inscrição de desafios.
  • De 7 a 21 de abril: inscrição de soluções.
  • De 7 a 24 de maio: cocriação de ideias e mentoria.
  • Dia 27 de maio: divulgação das soluções que serão apoiadas.

Inscrições: www.fundacaogrupoboticario.org.br

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redaçãohttps://diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias para a sua viagem!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    EUA adverte que uso de aparelhos 5G pode afetar segurança aérea

    A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA) alertou nesta terça-feira (07) que a interferência do uso de tecnologia 5G representava um risco...

    Aniversário da Avenida Paulista terá Nando Reis, Rincon Sapiência e piano voador

    No dia 08 de dezembro, a Avenida Paulista celebra 130 anos de fundação. Uma das vias mais tradicionais do país, ela ganha uma maratona de comemorações...

    Um observatório de mundo – por Thomas Bruno Oliveira*

    Na mercearia de meu pai, onde passei os decisivos e marcantes anos de minha infância, sempre fui um observador das coisas e das pessoas,...

    Luciana Leite, do Parque das Aves: “temos a missão de acolher a fauna vitimada”!

    Dois lugares que são considerados visitas obrigatórias para os visitantes de Foz do Iguaçu: as Cataratas e o Parque das Aves. As Cataratas são...

    Empresas de eventos e turismo têm até o final do ano para negociar dívidas tributárias

    As empresas do setor de eventos e turismo têm até o dia 29 de dezembro de 2021 para aderir aos programas de negociação de...

    Estados Unidos endurecem regras para cães procedentes do Brasil

    Os animais que chegam de países classificados como de alto risco para raiva, que inclui o Brasil, só poderão ingressar nos Estados Unidos por...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing