WTTC anuncia os protocolos globais de segurança sanitária

O Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) anunciou neste domingo (31) os protocolos globais de segurança sanitária que permitirão a retomada das atividades em aeroportos, companhias aéreas e operadores turísticos.

TRADUÇÃO E EDIÇÃO DO DIÁRIO

As medidas foram elaboradas por representantes da indústria global do turismo, com base nos padrões da Organização Mundial da Saúde (OMS) e dos Centros de Prevenção de Doenças (CDC), e buscam padronizar critérios na nova abordagem da saúde e higiene.   Gloria Guevara Manzo, Presidente e CEO do WTTC, explicou que “os novos protocolos foram desenvolvidos em coordenação com os membros do WTTC, a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) e o Conselho Internacional de Aeroportos (ACI), para garantir a segurança dos ambientes. seguro em aeroportos e companhias aéreas ”.   “Além disso, refletem a nova face do turismo, buscam gerar confiança e a rápida retomada do setor, além de recuperar empregos e compensar as enormes perdas causadas pela queda do turismo devido à pandemia”, afirmou.   Os protocolos incluem as seguintes medidas:

Aeroportos: Limpeza profunda de carrinhos de bagagem, balcões, postos de segurança, banheiros, elevadores, corrimãos, áreas de embarque e áreas comuns de alta frequência. Uso de equipamentos de proteção entre o pessoal (máscaras, máscaras, luvas). Sinalização para limitar multidões e avaliação de riscos à saúde. Redução de contato através de check-in online, quiosques e entrega de malas, uso de portas eletrônicas biométricas e leitura de cartões de embarque. Detecção de entrada e saída através de scanners de infravermelho de corpo inteiro, uso de termômetros infravermelhos portáteis e termômetros de pistola. Higiene alimentar em restaurantes e uso de pré-embalagens para evitar o manuseio. Redesenho das salas de imigração para agilizar os procedimentos. Uso de tecnologia para declarações de chegada.

Companhias aéreas: Uso de equipamentos de proteção entre o pessoal (máscaras, máscaras, luvas). Redução de pontos de contato através de check-in online, quiosques, etiquetas impressas de bagagem em casa, portas biométricas e leitura de cartões de embarque. Desinfetante para as mãos em áreas de alto tráfego. Limpeza profunda de todas as áreas do avião, banheiros e salas de embarque. Limite o movimento da cabine o máximo possível. Treinamento da equipe sobre medidas de higiene e controle de infecções.

Operadores turísticos: Saneamento, desinfecção e limpeza profunda em veículos. Limpeza nos pontos de contato (corrimãos, pegas, mesas, banheiros e filtros de ar). Planos de assentos pré-definidos, limite de contato físico e filas. Tempo escalonado para acessar quartos, hotéis e restaurantes. Saneamento, desinfecção, higiene e segurança alimentar em restaurantes, lojas, showrooms, museus, teatros e salas de concerto, centros de convenções e salões. Sinalização e distância física para a distribuição de assentos e corredores. Redução dos limites de capacidade do local e identificação das áreas de risco. Questionário de avaliação de risco antes da chegada dos usuários. Espaço de isolamento para usuários com sintomas de Covid-19.

O WTTC anunciará em breve protocolos para cruzeiros. Cabe destacar que o eixo dessas ações é a saúde dos viajantes e prestadores de serviços de turismo.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial