O 1º jornal e-diário de turismo do Brasil

About the author

Paulo Atzingen

Paulo Atzingen

Sou jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursei Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará, fui professor em Escola Pública e cursinhos pré-vestibular. Produzi reportagens na Amazônia sobre sustentabilidade, conflitos agrários e étnicos. Lancei em 1998 minha primeira revista, a PAYSAGE – dirigindo-a e publicando-a por três anos. Em Belém, fui repórter do jornal O Liberal, O Paraense e articulista do jornal A Província do Pará e Diário do Pará. Ganhei alguns concursos, e publiquei três livros de ficção em prosa publicados via editais. “Cronicontos Marabaenses”, “O Boi e o Ferro Gusa” e “O Turista Encarnado“. De volta à terra natal, São Paulo, trabalhei como redator no jornal de turismo Brasilturis e fundei em 2005 o DIÁRIO DO TURISMO, o primeiro jornal On-line Diário de Turismo do Brasil. Como redator e jornalista ganhei o Prêmio O Petróleo é Nosso – da Petrobrás e duas vezes o prêmio de jornalismo Comendador Marques dos Reis, em Belém (2006 e 2016). Em 2016 lancei a revista digital PAYSAGE HOTELEIRA com foco no mercado hoteleiro corporativo e em 2017 criei o novo portal DIÁRIO DOS HOTÉIS. Neste ano também lancei meu site com textos autorais, o BLOGDOATZINGEN. Sou casado e pai de dois filhos. Toco gaita.

One Comment

  1. 1

    Genis Lopes

    É válido o pedido por se estudar este caso que ainda é novidade no mercado, onde ambos os lados tem seu ponto de vista que mais é financeiro do que por melhorias dos serviços, meu ponto de vista é que os serviços oferecidos pelo site vieram para ficar mas é muito importante esta discussão pensando acida de tudo no CLIENTE que muitas vezes não pensa nas consequências futuras, as casas ofertadas precisam no mímino de um serviço de governança treinado pensando na saúde do hospede que pode ser um adolecente, um idoso, com alguma deficiência ou não e que tem suas necessidades que precisam ser supridas, além disso este local precisa estar protegido contra assaltos, incêndio, de fácil acesso de ambulâncias etc. O que torna necessário além do lucro uma certa capacitação dos proprietários dos imóveis!

Comentários estão fechados.

Copyright 2016 - Diário do Turismo - Todos os direitos reservados. Criado por NetGuaraná Soluções de internet.