Barcelona ganha portal de turismo religioso para ajudar na retomada

Barcelona é a cidade mais visitada da Espanha. E, antes da pandemia, dois dos três locais da cidade mais visitados pelo turistas eram igrejas. Ou seja, o patrimônio religioso era o principal motor do turismo da capital da região espanhola da Catalunha.

por Amadeu Castanho*


Como na maior parte do mundo, com o início da pandemia de coronavírus e a adoção de medidas necessárias para evitar a sua disseminação, o turismo praticamente parou, na maior crise já enfrentada nesse segmento.

Para ajudar na recuperação do setor turístico da cidade, a Arquidiocese de Barcelona criou um portal dedicado ao turismo religioso, oferecendo aos visitantes informações detalhadas sobre o patrimônio religioso e os serviços existentes.

O novo portal de turismo religioso de Barcelona

O portal turisme.esglesia.barcelona/es, criado pela Arquidiocese de Barcelona a​través do Secretariado do Ministério do Turismo, Peregrinações e Santuários, que equivale à nossa Pastoral do Turismo, tem o propósito de ser ​​uma ferramenta pastoral que coloca o patrimônio religioso ao serviço da recuperação do setor turístico na diocese.

O novo portal, criado para promover a experiência e o acesso à informação para turistas e entidades civis promotoras do turismo, oferece diversos serviços.

Entre eles, facilita a localização e promoção de visitas a templos diocesanos tão importantes como a Basílica da Sagrada Família ou os principais eventos religiosos e suas tradições em Barcelona.

O acesso a bilhetes de entrada válidos para diferentes templos também será promovido. O primeiro vai abranger a Basílica da Sagrada Família, a Catedral de Santa Cruz e Santa Eulália e a igreja de Santa Maria Del Mar.

Gaudi, Barcelona, Espanha (Crédito: arquivo DT)

Mostra também os horários das missas internacionais na Basílica da Sagrada Família e na igreja de Santa María del Mar ou das celebrações em igrejas emblemáticas da Arquidiocese, como a Catedral da Santa Cruz e Santa Eulália, a Basílica da Sagrada Família, a basílica de Santa Maria de Mataró, a Basílica da Virgem de Barcelona, ​​padroeira da cidade e o Templo Expiratório Sagrado Coração de Jesus, no monte Tibidabo.

Além disso, o portal também mostra as paróquias de Barcelona onde se celebra a Santa Missa dominical em outras línguas, como português, inglês, italiano, francês, alemão, ucraniano, polonês, chinês e tagalog.

Finalmente, também é possível encontrar informações sobre alojamentos religiosos e alojamentos monásticos para grupos de peregrinos, ciclos de concertos de órgãos, missas polifônicas ou um motor de busca de peregrinação ágil com todas as informações necessárias para decidir o destino e o momento em que deseja fazer a peregrinação.

Igreja Sagrada Família, um símbolo de Barcelona (Crédito: Getty Images)

Igrejas, o principal patrimônio turístico

Antes da pandemia, 1 em cada 3 turistas que visitavam os monumentos e locais de interesse de Barcelona optavam pelo patrimônio religioso da cidade, somando mais de 8 milhões de visitas anuais de um total de 25,7 milhões que a cidade recebeu..

Isto significa que as igrejas da cidade são o seu patrimônio turístico mais importante, seguido pelos museus (com 6,5 milhões de visitantes) e de locais de interesse como o Parque Güell (3,1 milhões de visitantes), a Casa Batlló ou La Pedrera, as conhecidas obras de Gaudi, arquiteto que também projetou a Basílica da Sagrada Família.

Dos 3 primeiros locais da cidade que mais recebem visitantes, o primeiro e o terceiro foram templos religiosos: a Basílica da Sagrada Família e a Catedral da Santa Cruz e Santa Eulália.

​​“Nestes tempos difíceis, a Igreja de Barcelona deve ajudar a sociedade, no povo de Deus, com todas as ferramentas que temos em nossa disposição. E este site, onde poderá conhecer todo o patrimônio cultural e cultural que a Igreja de Barcelona oferece, está ao serviço de todos, mas principalmente do tecido turístico e econômico da diocese para ajudar na sua recuperação”, afirma o monsenhor Josep Maria Turull, diretor do Secretariado de Turismo, Peregrinações e Santuários da Arquidiocese de Barcelona e reitor da Basílica da Sagrada Família,

“Confiamos que nosso patrimônio tangível e intangível servirá à capacidade de mobilização e unificação do povo de Deus,” completou.


*Amadeu Castanho é jornalista, trabalhou em publicações de renome no Brasil e no Exterior e se especializou na cobertura de nichos do mercado de turismo, como o religioso, o de luxo, o de incentivo e o corporativo. Edita revista eletrônica Viagens de Fé (www.viagensdefe.com.br), única publicação brasileira focada em viagens religiosas, destinos religiosos, romarias e peregrinações. Amadeu é diretor da Keris Comunicação Editorial, especializada em publicações eletrônicas segmentadas e geração de conteúdo. Tem cursos de especialização em Hotelaria, Marketing e Publicidade, entre outros, tendo atuado como profissional e como consultor nessas três áreas. É palestrante em sua especialidade, turismo religioso.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial