DIÁRIO conversou com Rodrigo Miluzzi, diretor de vendas do Quality Resort Itupeva

O hoteleiro Rodrigo Miluzzi conversou com o DIÁRIO apresentando algumas novidades e como foi 2016, especialmente quanto à situação econômica que assolou o país.

Redação do DIÁRIO

Quem viaja pela Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), saindo da capital paulista em direção ao interior, já percebeu o número de atrativos existentes no km 72. Os parques Hopi Hari e Wet´n Wild, o Outlet Premiun e um hotel. O empreendimento é o Quality Resort Itupeva, administrado pela rede Atlantica Hotels.

Quem cuida da área comercial do resort é o hoteleiro Rodrigo Miluzzi, que conversou com o DIÁRIO apresentando algumas novidades e como foi 2016, especialmente quanto à situação econômica que assolou o país. Miluzzi iniciou sua carreira na própria rede no departamento de cadastros corporativo, passou pelo Comfort Downtown, Radisson Faria Lima, Quality Berrini e Quality Resort Itupeva, neste último voltou para cuidar da gerência de vendas. Deixou a Atlantica por dois anos e meio para implantar o departamento de vendas estratégicas da BHG. 

Acompanhe:

DIÁRIO – Como foi 2016 para o Quality Resort Itupeva?

Rodrigo Miluzzi: Apesar de 2016 ter sido um ano difícil para o turismo por causa da situação econômica do país, o Quality Resort Itupeva teve um crescimento de 19% na diária média do ano e, mesmo com poucos feriados prolongados, as reservas de lazer também tiveram aumento. Já o crescimento da receita de eventos alcançou 11%.

DIÁRIO – Alguma novidade em infra, programação ou pessoal para o resort?

Rodrigo Miluzzi: Em 2016 criamos ações específicas para que o viajante corporativo, que chega para participar de evento, possa aproveitar o Quality também para lazer. E para atrai-lo atuamos em dois momentos: durante a negociação do evento, momento em que oferecemos ao cliente (que pode ser representado por uma agência intermediária ou a empresa diretamente) tarifas especiais para que passem aos participantes que queiram chegar antes ou estender a diária para ficar a lazer. E durante o evento, quando colocamos na sala de evento ou no apartamento dos participantes, um voucher de desconto de 25% para a próxima hospedagem.

Essas ações foram criadas exclusivamente para esse público que une trabalho e lazer, pois entendemos que a hospedagem a trabalho é o primeiro passo para ele conhecer nosso hotel, e se ele gosta, já é mais fácil fazer com que fique ou volte futuramente. A ação também é uma tática para ampliar a ocupação em fins de semana e feriados.

DIÁRIO – Qual o perfil do público que frequenta o empreendimento?

Rodrigo Miluzzi: O Quality Resort Itupeva recebe diferentes perfis de hóspedes apesar de ter grande concentração de famílias, uma vez que o resort oferece estrutura completa para lazer; e executivos, já que dispõe de centro de convenções para todos os tipos de eventos e está muito próximo a centro financeiros como São Paulo e Campinas.

DIÁRIO – É petfriendly? Se sim, fale um pouco sobre o atendimento.

Rodrigo Miluzzi: Sim, o Quality Resort Itupeva aceita cães e gatos de pequeno porte (até 12 kg) e um animal por apartamento, e eles devem estar tratados contra pulgas e outros parasitas. No check-in, é preciso apresentar a carteira de vacinação em dia e é cobrada uma taxa adicional de R$ 80,00 por dia. Os donos são os responsáveis pela alimentação dos bichinhos, mas o Quality Resort Itupeva disponibiliza um “Kit Pet” com comedouro, bebedouro, tapete higiênico (para cachorros), caixinha com areia (para gatos) e um brinquedo no apartamento. Caso precise de kits extras, é necessário consultar a recepção.

Para facilitar o acesso e o transporte dos pets, o resort disponibiliza quartos especiais de categoria superior, localizados no piso térreo. Cães e gatos podem circular na Praça dos Coqueiros e área verde externa, sempre na coleira e com supervisão do responsável.

DIÁRIO – O segmento MICE cresce para o Quality?

Rodrigo Miluzzi: 2016 foi um ano bastante desafiador para o Quality Resort Itupeva, principalmente em relação à duração dos eventos. Muitas empresas reduziram a quantidade de dias dos eventos e enviaram um número menor de participantes, ainda assim o resultado mostra que foi possível realizar um número maior de eventos ao longo do ano.

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Hotéis miram retomada e contratam empresas especializadas em biossegurança

Consultorias especializadas assessoram hotéis na elaboração e implementação de novos protocolos para preservar a segurança de colaboradores e clientes na retomada POR REDAÇÃO (Zaqueu Rodrigues...

Nobile Hotéis reabre unidades com protocolos de higiene e segurança intensificados

A Nobile Hotéis, comprometida com a segurança das pessoas na retomada de suas operações, divulgou aos empreendimentos de seu portfólio os protocolos de higiene...

Saiba mais sobre o visto para jornalistas nos Estados Unidos

Desde 1999, observa-se o Dia da Imprensa Nacional em 1º de junho, data em que começou a circular o jornal Correio Braziliense, em 1808....

Nova York terá toque de recolher nesta terça-feira (2)

A cidade de Nova York terá toque de recolher a partir das 23h (24h de Brasília) desta segunda-feira (1º de junho) até às 5h...

Prefeitura do Rio de Janeiro anuncia plano de reabertura em 6 fases

As variáveis que embasaram os critérios adotados para a reabertura gradual das atividades na cidade serão monitoradas diariamente e reavaliados a cada 15 dias...

Juiz em Mato Grosso suspende turismo dentro de área indígena

É perigoso permitir o livre acesso a territórios indígenas. Em um cenário de epidemia, como o vivido em decorrência da Covid-19, a circulação pode...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias